sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Grávidas são ameaçadas de morte durante assalto em UBS

Dois homens armados com uma faca e um revólver invadiram a Unidade Básica de Saúde da comunidade São João, localizada no km 4, da BR-174, na Zona Rural de Manaus. Gestantes, que aguardavam atendimento médico, foram ameaçadas de morte durante o crime.

Segundo uma funcionária da UBS, um dos criminosos chegou a apontar a arma para a barriga de uma mulher grávida de sete meses. A ação criminosa, segundo os funcionários da unidade, ocorreu pela manhã, por volta das 8h, logo após o local abrir as portas e iniciar o atendimento dos pacientes.
A dupla fugiu em um veículo modelo Fox, de cor prata e placas não identificadas. Eles usaram o mesmo carro para chegar na UBS. As vítimas tiveram pertences roubados como celulares, bolsas e documentos. O caso foi relatado à polícia, mas ninguém foi preso.
Em nota, a assessoria da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) confirmou o assalto na UBS e lamentou o ocorrido. Segundo o órgão, alguns pacientes e funcionários, que ficaram abalados com o ocorrido, foram medicados e liberados. Os serviços na unidade foram interrompidos e o local só será reaberto na segunda-feira (14).
A Semsa informou, ainda, que “possui um Sistema de Vigilância Eletrônica em suas unidades de saúde, por meio dos serviços de locação, operação, manutenção e fornecimento de um Centro de Comando de Operações de Segurança, com sistemas de monitoramento e controle de acesso, destinados a toda infraestrutura do órgão”.
O crime será investigado pela Polícia Civil do Amazonas.